quinta-feira, 6 de março de 2014

A cicatriz de Tenório e as feridas que as mulheres cultivam...

Quando perguntado sobre uma cicatriz que carregava no rosto, Tenório respondeu que a havia contraído de uma vez em que foi defender de um cafajeste, pilantra, ordinário, uma dama que chorava, e tomou uma facada: - "O patife até foi fácil de 'botar pra dormir'; o complicado foi com ela, que tinha a faca na mão...".

Nenhum comentário:

Postar um comentário