sábado, 13 de outubro de 2012

Metaleiros, Punks e Roqueiros

Hoje em dia até os metaleiros são bonzinhos, os punks são politicamente corretos, e os roqueiros são contra as drogas. Os metaleiros estão cansados de Satanás, os punks se desgastaram de gritar, e os roqueiros aderiram às saladas. Os metaleiros se engajaram na causa animal, os punks são contra o voto nulo, e os roqueiros vão à academia. Os metaleiros assistem a desenhos japoneses, os punks frequentam saraus, e os roqueiros jogam futebol todas as terças. Os metaleiros passam horas no vídeo game, os punks escutam Radio Head, e os roqueiros assistem novelas. Os metaleiros são fãs de seriados americanos, os punks dão palestras em igrejas, e os roqueiros chupam balas "7 belo". Os metaleiros jogam RPG, os punks passam batom, e os roqueiros pedem leite no bar. Os metaleiros cantam rap, os punks usam gravata, e os roqueiros cortaram o cabelo e fazem topetinho com gel. Os metaleiros querem ser papais, os punks trabalham, e os roqueiros não trabalham, mas procuram emprego. Os metaleiros são riquinhos, os punks moram com a vovó, e os roqueiros criam York Shires para vender... Ou seja: os metaleiros são nerds, os punks andam com meninas, e os roqueiros são cabeças ocas. Isso não é preconceito, é conceito. É uma paz mundial - só o que faltava...

Nenhum comentário:

Postar um comentário