quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Mandar em Mim


É mesma a nossa tristeza
Por motivos diferentes
Felicidade é ver beleza
Em controlar a minha mente

Se é amarga a liberdade
Adocicado meu direito
É salgada a tua vaidade
Azedos cárcere e leito

Infelizes somos nós
Cada um quer ser feliz
Entoar gutural voz
Governar o seu nariz

És mais triste por tentares
Tocar Fá quando se é Si
Mente, prédio, mil andares
Sobe e manda só em ti

Nenhum comentário:

Postar um comentário