quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

A História se Repete

Eu,
Mais um bêbado,
Mais um poeta,
Isolado
Numa ilha de reflexões

Sem esposa,
Sem filhos,
Poucos amigos,
Incompreendido,
Abandonado

Só acompanha a mim
Eu mesmo;
E os Filósofos
E as Letras

Ai de mim
Me ter dó
Ou
Ter pena nenhuma,
E sofrer na Bastilha,
Ou morrer no manicômio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário